Mês: abril 2010

Conversa com a autora

A escritora Cecília Prada conversa com os estudantes de quarto ano de Jornalismo da PUC-Campinas sobre jornalismo e literatura, dia 23 de abril (sexta-feira), na sala 807, às 21h.
Cecília Prada
Cecília Prada nasceu em Bragança Paulista, mas cresceu em São Paulo. Aos 13 anos despontou como escritora, foi trabalhar em jornal, conheceu e foi reconhecida por personalidades do período, como Osvaldo de Andrade, Lygia Fagundes Teles etc. Formou-se em Letras e em Jornalismo, nas primeiras turmas da Cásper. Ela é ficcionista, ex-diplomata de carreira, historiadora, autora de dramaturgia, tradutora e jornalista com Prêmio Esso em 1980 e tudo (Menores do Brasil: a loucura nua). Ganhou também o prêmio Revelação de Autor da APCA-1978 e seus contos recebem elogios unânimes. Dentre suas obras, destacam-se:

De ficção :
1) PONTO MORTO (contos) Edigraf-SP-1955 (prefácio de Lygia Fagundes Telles )
 
2) O CAOS NA SALA DE JANTAR ( novela e contos) Editora Moderna-SP-1978 (prefácio de Nádia Battela Gotlib) –
Este livro recebeu três prêmios importantes -, ainda inédita, a novela “O Caos na Sala de Jantar” recebeu em 1962 o 2o. lugar, Menção Honrosa, do Prêmio Governador do Estado de São Paulo de Ficção ; e também o 2o. lugar, Menção Honrosa ,em 1965, do Prêmio José Lins do Rego de Ficção, com o título de “As Raízes Predatórias”.
A edição da Moderna traz a novela e mais 14 contos e recebeu o  “Prêmio Revelação de Autor/1978” da APCA.
 
3) ESTUDOS DE INTERIORES PARA UMA ARQUITETURA DA SOLIDÃO (contos) -(Prefácio de Telê Ancona Lopes) – DBA Editora –2004
 
4) O PAÍS DOS HOMENS DE GELO (contos) – Atalanta Editorial- SP-2007
 
5- FARÓIS ESTRÁBICOS NA NOITE (contos)- (Prefácio de Alberto da Costa e Silva) Editora Bertrand Brasil -RJ-2009
_________
 
De jornalismo :
 
1) MENORES NO BRASIL : a loucura nua – (Reportagem que ganhou o Prêmio ESSO de Reportagem em 1980) – 1a edição Editora Alternativa-SP-1981; 2a edição Atalanta Editorial –1998 –
 
2) A PENA E O ESPARTILHO (artigos sobre a mulher na literatura brasileira) 1a edição Atalanta Editorial- SP-2007;2a edição, pela Editora Unisinos-São Leopoldo-RS- 2010 ( em lançamento).
 
3) ATRÁS DA PORTA DA HISTÓRIA (artigos sobre temas da História do Brasil) – Atalanta Editorial -SP- 2007-
 
E mais TRÊS VOLUMES  de “DIÁLOGOS E DEBATES – encontro de escritores nas bibliotecas” (relativos aos anos de 1995/2000 ) Organização, transcrição, redação  e prefácio, sendo o primeiro volume feito em parceria com a escritora Nilza Amaral. Publicados pela Secretaria Municipal de Cultura-SP

Anúncios

Livro-reportagem

Reportagem é sempre reportagem… Parece um comentário tão óbvio, mas ainda me espantam algumas definições mirabolantes sobre o assunto.

Reportagem prevê uma boa pesquisa já para a pauta, um tema que permita aprofundamento do assunto, traz uma abordagem por vários pontos de vista, requer entrevistas de muitas, muitas, muitas pessoas, faz uma análise crítica sobre o assunto, dentre tantas outras características que poderíamos enumerar aqui.

Para que a reportagem migre de plataforma do jornal ou revista para o livro, é porque requer mais espaço. O que deve ou não ter mais espaço é uma questão a refletir caso a caso mesmo. Vamos analisar alguns livros, que são reportagens? Por que eles se tornaram livros? E qual a relação entre eles e a literatura?

Filmes sobre A sangue frio, de Truman Capote

Nos filmes Capote e Confidencial podemos identificar o modo como Capote construía as suas frases para o livro A sangue frio e podemos ver qual o trabalho de linguagem e checagem de dados que o repórter do The New Yorker fez a partir de 1959.

Capote

 Elenco: Philip Seymour Hoffman (Truman Capote), Catherine Keener (Nelle Harper Lee), Clifton Collins Jr. (Perry Smith), Chris Cooper (Alvin Dewey), Bruce Greenwood (Jack Dunphy), Bob Balaban (William Shawn), Amy Ryan (Marie Dewey), Mark Pellegrino (Richard Hickock), Allie Mickelson (Laura Kinney), Marshall Bell (Warden Marshall Krutch).
Direção: Bennett Miller
Gênero: Drama – Biografia
Distribuidora: Columbia Pictures
Estreia: 24 de Fevereiro de 2006
Sinopse: Em novembro, 1959, Truman Capote (Philip Seymour Hoffman), o autor de Bonequinha de Luxo (Breakfast at Tiffany’s) e figura favorita do que logo seria conhecido como Jet Set, lê um artigo nas páginas do New York Times. A nota fala sobre o assassinato de quatro membros de uma conhecida família fazendeira – os Clutters – em Holcomb, no Kansas.
Histórias similares aparecem nos jornais quase diariamente, mas alguma coisa chamou a atenção de Capote. Isso representa uma oportunidade, ele acredita, de testar sua teoria de que, nas mãos do escritor certo, a não-ficção pode ser tão emocionante quanto à ficção. Que impacto teve esta chacina naquela minúscula cidade? Com este argumento – para este propósito, não importava se os assassinos nunca fossem pegos – ele convence a revista The New Yorker a lhe dar uma matéria e parte para o Kansas. Acompanhado por sua amiga da infância do Alabama: Harper Lee (Catherine Keener), que em poucos meses ganharia o Prêmio Pulitzer e alcançaria a fama como autora de O Sol é Para Todos (To Kill a Mockingbird).
Com sua voz infantil, maneirismos femininos e roupas não convencionais, inicialmente levantando hostilidade numa parte do país que ainda pensa como parte do Velho Oeste, Capote rapidamente ganha a confiança dos locais, mais notadamente de Alvin Dewey (Chris Cooper), o agente de investigação do Kansas que está liderando a caça aos assassinos. Pegos em Las Vegas, os assassinos – Perry Smith (Clifton Collins Jr.) e Dick Hickock (Mark Pellegrino) – são devolvidos ao Kansas, onde são julgados e senteciados à morte. Capote os visita na prisão. À medida que os conhece se dá conta de que o que ele teria imaginado ser um artigo de revista se transformou num livro, um livro que poderia ser um dos maiores da literatura moderna.

Confidencial

Baseado nos fatos reais sobre o brutal assassinato de uma família no Texas. Confidencial reúne um elenco estelar de uma magnitude rearamente vista num mesmo filme: Toby Jones, Sandra Bullock, Gwyneth Paltrow, Daniel Craig, Jeff Daniels, Isabella Rossellini e Sigourney Weaver, entre outros, aparecem nesta história sobre como as vidas dos envolvidos mudaram radicalmente após a tragédia.