análise literária

Método de análise literária

Reli o livro de Massaud Moisés (Análise da literatura), o livro de Todorov (Análise estrutural da narrativa) e o livro homônimo de Barthes e outros autores. Nota-se, claramente, métodos de trabalho para se estudar um texto considerado literário. Como estamos no ambiente de jornalismo-LITERÁRIO, julguei pertinente trazer algumas considerações.

A primeira leitura é constantemente indicada pelos teóricos como a leitura do leigo, aquela em que tomamos consciência da história. Nesse momento somos surpreendidos pela intriga da história, que vai trazer (ou não) um desfecho surpreendende pelo decurso da narrativa.

Depois dessa leitura, há de se fazer mais algumas, bastante atentas, para observar determinados elementos na obra, por exemplo:

– as unidades temáticas, que terão seus “motivos”, ou seja, os temas de cada parte da história

– a linguagem propriamente dita, os verbos utilizados, as figuras de linguagem, o uso dos diálogos

– a combinação de voz narrativa, o foco narrativo

– a relação dos personagens entre si e com a história, as lógicas establecidas…

– o tempo, o epaço, a ação – são elementos que dão pistas fundamentais para uma interpretação mais aprofundada da obra

– o microambiente e o macroambiente

Mas, acima de tudo, é necessário, nessas várias outras leituras, que você tenha seu próprio método de trabalho. Vale a pena reler esses textos indicados!

Boa leitura a todos