material de aulas

Teste seu conhecimento!

Saudações, Jornalistas!
Chegou a hora de testar o que já aprenderam em Jornalismo Literário, sobre o primeiro eixo didático-pedagógico. Leiam as perguntas e desenvolvam suas respostas nos comentários. Completem o pensamento um do outro, façam réplicas, tréplicas, enfim, a intenção é participar! Boa sorte e bom aprendizado!

  1. quiz-cg-volume1-298Quais os autores que mais influenciaram as discussões sobre o tema Jornalismo Literário e por que citá-los?
  2. Em termos gerais, no que consiste o manifesto do Novo Jornalismo?
  3. Em que contexto o jornalismo literário consegue aparecer mais? Qual era sua proposta?
  4. Considerando alguns exemplos, as reportagens que se tornaram livros de repórteres norte-americanos, indique e explique ao menos três características semelhantes entre eles.
  5. Com relação aos teóricos, há alguns usos de método científico das ciências sociais trazido para os textos dos jornalistas. Qual seria esse método e no que ele consiste?
  6. Procure exemplos na mídia de uma construção cena a cena.
  7. Comente o que aprendeu de novo nesse primeiro eixo.

 

Então, a partir de agora, está valendo! Mãos à obra!

Anúncios

Blogs literários

Agradeço o empenho de todos que me mandaram os links por e-mail, acho que não foi sacrifício para ninguém e montamos a primeira lista de blogs literários da web e isso é da turma de vocês. Sempre que quiserem, atualizem pelos comentários com novos links.

Coloco aqui a lista, peço que deem uma olhadinha e na próxima aula comentamos mais.

http://carapuceiro.zip.net/

http://blonicas.zip.net/

http://www.pipocadebits.com/

http://revistacult.uol.com.br/home/category/blog/

http://blogs.estadao.com.br/daniel-piza/

http://www.sergiovilasboas.com.br/blog/

http://as23h.blogs.sapo.pt/
http://tudotodosenos.blogspot.com/
 http://entremeios-angela.blogspot.com/
 http://anavalquiria.zip.net/

 http://rolocompressor.zip.net/

 http://colunistas.ig.com.br/albertohelenajr/

 http://blogdopena.blogspot.com/

 Blog Entremeios

http://www.sergiovilasboas.com.br/blog/?cat=7

 Blog Cronópios

http://www.cronopios.com.br/site/default.asp

 Blog Fala Cassilda

http://falacassilda.wordpress.com/tag/jornalismo-literario/

 Blog Biografismos

http://biografismos.wordpress.com/

 Blog A Literatura na Poltrona

http://oglobo.globo.com/blogs/literatura/default.asp

 O homem que vê o mundo em quadrinhos

http://www.textovivo.com.br/detalhe.php?conteudo=fl20100405183259&category=perfil

 “Ao mestre com carinho”

http://renatomodernell.blogspot.com/

 Relato de uma não-reportagem

http://novashistorias.wordpress.com/

 Jorge Ramos: El hispano

http://www.gatopardo.com/numero-112/cronicas-y-reportajes/jorge-ramos-el-hispano.html

http://retratosdaterra.blogspot.com/

http://www.duelodeescritores.blogspot.com/

http://www.ciberescritas.com/?p=3773

http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/
http://www.revistapiaui.com.br/blog
http://wp.clicrbs.com.br/mundolivro/tag/jornalismo-literario/?topo=77,1,1

 http://palavrorios.blogspot.com/

 http://literaturalima.arteblog.com.br/

 http://www.fernandomolica.com.br/index.php

 http://www.oesquema.com.br/trabalhosujo/
http://www.screamyell.com.br/
http://barbituricocomfanta.blogspot.com/
http://qualquer.org/bugio/

 http://brisanoquintal.blogspot.com/

 http://literalmentejornal.blogspot.com/

 http://mesaimaginaria.blogspot.com/

 http://emborcados.blogspot.com/

 http://peganomeu.wordpress.com/2007/08/10/jornalismo-literario-e-afins/

 http://jornalismoliterariofsba.blogspot.com/

 http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos.asp?cod=569DAC003

 http://blog-do-ico.blogspot.com/2010/04/o-senhor-dos-aneis-sociedade-do.html
Este trata de uma experiência vivida por um jornalista de automobilismo, em uma cobertura na cidade de Xangai, na China.
 
http://colunistas.ig.com.br/flaviogomes/2010/06/09/diarios-canada/
Este trata-se de outro jornalista de automobilismo, Flavio Gomes, em um de seus diários de coberturas da Fórmula 1. Ele tem um humor escrachado, chega a usar palavras de baixo calão, mas conta com bastante humor e leveza os fatos. Eu particularmente gosto muito do estilo de escrita dele.
 
Azul de menino – Blog do Jr
http://azuldemenino.blogspot.com/
 
Nau de Pensamentos – Blog do Danilo
http://naudepensamentos.blogspot.com/
 
Blog Impressões – Blog da Maura
http://impressoesliteratura.blogspot.com/

Blogs Literários
http://blogs-literarios.blogspot.com/

http://passaportebrasil.blogspot.com/

http://meninadelah.blogspot.com/

http://fatoemfoco.zip.net/

http://colunistas.ig.com.br/ricardokotscho/

http://blogs.estadao.com.br/luiz-zanin/tarrafa-literaria-a-festa-de-santos/

http://robertolaaf.blogspot.com/

http://www.lendo.org/200-blogs-literarios/

A jornada do herói

Após um período sabático aqui no blog (duas semanas para o blog parece corresponder a quase dois anos rs), retorno para falar mais sobre A jornada do herói. Infelizmente nosso tempo é curto demais, então vamos aproveitar esse espaço.

Aos que não se lembram, essa proposta surgiu do livro de Mônica Martinez (e ainda anteriormente de alguns estudos de Edvaldo Pereira Lima) mostrado em sala de aula após a exibição de um trecho do documentário O poder do mito, de Joseph Campbell.

Resgato ainda mais algumas partes do livro de Mônica. Ela explica que os mitos possuíam uma função maior de passar alguma mensagem e fazer com que o leitor aprendesse com a história contada. Passando do mito ao jornalismo, em vez de resumir o entrevistado a nomes, idades e categorias profissionais, a ideia é humanizar o processo (“não no sentido romântico (…). A visão crítica, marca registrada dos bons profissionais da área, é imprescindível – p. 40).

Como nos mitos, em que Joseph Campbell identificou uma estrutura recorrente, a Jornada do Herói também utiliza um padrão narrativo no qual estamos habituados, segundo Mônica, a saber: a partida, a iniciação e o retorno, e não necessariamente nessa mesma ordem, mas obrigatoriamente esses momentos marcados no texto de nossos personagens reais. A partir dessa estrutura simples decorre os 12 passos propostos e explicados por Mônica, tais como o cotidiano, o chamado à aventura etc. Para cada etapa, a autora sugere uma porção de questionamentos possíveis a serem feitos pelo repórter quando este entrevistar e quiser escrever uma história de vida. São elementos às vezes muito do inconsciente do entrevistado, que ele certamente não falará se não for incitado a isso, por exemplo, uma das etapas (que é, inclusive, retomada de outros teóricos do assunto por Mônica) é “testes, aliados e inimigos”, momento em que se identificam personagens como: o mentor, guardiões, aliados, vira-casaca, inimigos, adversários e bufões, elementos que comentamos em sala de aula e que é explorado no livro de Mônica pela luz da teoria de Edvaldo Pereira Lima. Certamente, sozinho, seu entrevistado não diria quem são esses personagens em sua vida e eles podem auxiliar no entendimento de histórias de pessoas comuns e com muito a dizer.

Também gostaria de deixar um último recado: saibam ouvir, assim conseguirão bagagem para histórias de pessoas comuns e com elementos de “periodicidade, universalidade, atualidade e difusão”, próprios do jornalismo.

Conversa com a autora

A escritora Cecília Prada conversa com os estudantes de quarto ano de Jornalismo da PUC-Campinas sobre jornalismo e literatura, dia 23 de abril (sexta-feira), na sala 807, às 21h.
Cecília Prada
Cecília Prada nasceu em Bragança Paulista, mas cresceu em São Paulo. Aos 13 anos despontou como escritora, foi trabalhar em jornal, conheceu e foi reconhecida por personalidades do período, como Osvaldo de Andrade, Lygia Fagundes Teles etc. Formou-se em Letras e em Jornalismo, nas primeiras turmas da Cásper. Ela é ficcionista, ex-diplomata de carreira, historiadora, autora de dramaturgia, tradutora e jornalista com Prêmio Esso em 1980 e tudo (Menores do Brasil: a loucura nua). Ganhou também o prêmio Revelação de Autor da APCA-1978 e seus contos recebem elogios unânimes. Dentre suas obras, destacam-se:

De ficção :
1) PONTO MORTO (contos) Edigraf-SP-1955 (prefácio de Lygia Fagundes Telles )
 
2) O CAOS NA SALA DE JANTAR ( novela e contos) Editora Moderna-SP-1978 (prefácio de Nádia Battela Gotlib) –
Este livro recebeu três prêmios importantes -, ainda inédita, a novela “O Caos na Sala de Jantar” recebeu em 1962 o 2o. lugar, Menção Honrosa, do Prêmio Governador do Estado de São Paulo de Ficção ; e também o 2o. lugar, Menção Honrosa ,em 1965, do Prêmio José Lins do Rego de Ficção, com o título de “As Raízes Predatórias”.
A edição da Moderna traz a novela e mais 14 contos e recebeu o  “Prêmio Revelação de Autor/1978” da APCA.
 
3) ESTUDOS DE INTERIORES PARA UMA ARQUITETURA DA SOLIDÃO (contos) -(Prefácio de Telê Ancona Lopes) – DBA Editora –2004
 
4) O PAÍS DOS HOMENS DE GELO (contos) – Atalanta Editorial- SP-2007
 
5- FARÓIS ESTRÁBICOS NA NOITE (contos)- (Prefácio de Alberto da Costa e Silva) Editora Bertrand Brasil -RJ-2009
_________
 
De jornalismo :
 
1) MENORES NO BRASIL : a loucura nua – (Reportagem que ganhou o Prêmio ESSO de Reportagem em 1980) – 1a edição Editora Alternativa-SP-1981; 2a edição Atalanta Editorial –1998 –
 
2) A PENA E O ESPARTILHO (artigos sobre a mulher na literatura brasileira) 1a edição Atalanta Editorial- SP-2007;2a edição, pela Editora Unisinos-São Leopoldo-RS- 2010 ( em lançamento).
 
3) ATRÁS DA PORTA DA HISTÓRIA (artigos sobre temas da História do Brasil) – Atalanta Editorial -SP- 2007-
 
E mais TRÊS VOLUMES  de “DIÁLOGOS E DEBATES – encontro de escritores nas bibliotecas” (relativos aos anos de 1995/2000 ) Organização, transcrição, redação  e prefácio, sendo o primeiro volume feito em parceria com a escritora Nilza Amaral. Publicados pela Secretaria Municipal de Cultura-SP